sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Remédio de gente doença de bicho...

Podemos usar alguns medicamentos do nosso dia a dia em animais, mas temos que ter o máximo de cuidado pois super dosagens podem levar o animal a óbito.

Confira alguns medicamentos produzidos para humanos que podem ser usados em animais:
- Dimenidrinato e bromoprida (trata enjoos, vômitos e problemas digestivos): uma gota por quilo a cada 8 horas. Se depois de 24 horas os sintomas persistirem, é necessário consultar um veterinário. Mas para cães que costumam comer bolinhas e outros objetos pequenos, estes medicamentos têm de ser evitados porque fazem com que a mobilidade do intestino aumente e como um objeto pode estar preso lá, vai provocar dobra do órgão e causar muita dor.
- Soro caseiro (trata diarreia): deve ser dado nas primeiras 24 horas. Se não parar a diarreia, precisa levar ao veterinário.
- Leite fermentado (com lactobacilos): para tratar a diarreia de cachorros e gatos grandes, um terço do pote; para médio, metade, e para grandes, um pote inteiro. No lugar da ração, colocar uma comida mais leve, sem tempero, como arroz e peito de frango. Não melhorando em 24 horas, consultar um veterinário.
- Paracetamol e dipirona (antitérmico): uma gota por quilo a cada 12 horas somente em cães. Cuidado porque a febre geralmente indica uma infecção e, se for mascarada, pode piorá-la. O ideal é levar direto à clínica veterinária.
- Butilbrometo de escopolamina (analgésico): uma gota por quilo a cada 12 horas. Se não melhorar em dois dias, procure um veterinário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário